Ataque maoista mata 5 e fere 30 no Nepal

Pelo menos cinco pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas neste domingo após a explosão de uma mina debaixo de um ônibus que transportava militares, anunciou a polícia. O ataque é atribuído a grupos maoistas que operam na região de Sindhuli, 200 quilômetros a sudeste da capital, Kathmandu. Uma fonte policial, que não quis ser identificada, disse que entre os mortos estão dois militares. Seis soldados e outros três policiais estão entre os feridos com gravidade. O conflito entre grupos maoistas e forças da ordem já causaram mais de sete mil mortos desde 1996. Em novembro de 2001, o rei do Nepal impôs o estado de emergência, que foi levantado em agosto passado, mas a violência da guerrilha continua.

Agencia Estado,

08 Dezembro 2002 | 12h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.