Ataque mata 11 soldados no Paquistão

Suposta emboscada de insurgentes ocorreu perto de Peshawar, no noroeste do país

Agência Estado

28 de março de 2011 | 17h07

PESHAWAR - Onze soldados paquistaneses morreram em uma emboscada atribuída a militantes islâmicos perto da fronteira com o Afeganistão, segundo informaram nesta segunda-feira, 28, autoridades locais. Figuram entre os mortos um coronel e um capitão dos Corpos de Fronteira, unidade paramilitar paquistanesa treinada por forças especiais do Exército dos EUA.

 

Iqbal Khan, funcionário do governo de Khyber, disse que o comboio de três veículos retornava de uma missão quando foi atacado não muito longe de Peshawar, principal cidade do noroeste do Paquistão. Khan afirmou que "vários agressores foram mortos", mas não forneceu detalhes.

 

As remotas áreas tribais do Paquistão, próximas da fronteira com o Afeganistão, abrigam militantes da rede extremista Al-Qaeda e do braço local da milícia fundamentalista islâmica Taleban. O Exército paquistanês combate as milícias há mais de dois anos, mas aparentemente sem resultados efetivos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ataquesoldadosmortesPaquistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.