Ataque na Síria deixa 20 mortos, dentre elas 8 crianças

Pelo menos 20 pessoas, incluindo oito crianças, morreram em uma invasão de tanques do Exército da Síria a um vilarejo na província de Kahtaniyeh no norte do país, afirmou o Observatório Sírio pelos Direitos Humanos.

AE, Agência Estado

26 de dezembro de 2012 | 10h52

Um vídeo amador, publicado na Internet por ativistas e distribuído pelo Observatório, mostrou inúmeros corpos cobertos de sangue, incluindo o de pelo menos uma criança, estendidos em cobertores em uma casa.

"Dezenas de pessoas ficaram feridas em Kahtaniyeh, entre elas uma família inteira", disseram ativistas na província de Raqa.

Raga registrou um aumento da violência nos últimos meses, à medida que os rebeldes lançaram um ataque à inúmeras áreas da província, localizada estrategicamente no fronteira com a Turquia.

O diretor do Observatório, Rami Abdel Rahman, afirmou que as mortes foram provocadas por artilharia de tanques e que as vítimas integravam famílias de agricultores. "Só para deixar claro, não há jihadistas da Frente Al-Nusra, ou quaisquer outros grupos rebeldes bem organizados na região. As vítimas eram apenas fazendeiros", disse Rahman à AFP. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Síriaataquecriançasmortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.