Ataque perto de escola da ONU mata dois em Gaza

Pelo menos dois civis morreram hoje num ataque lançado por um tanque israelense perto de uma escola da Organização das Nações Unidas (ONU) na Faixa de Gaza, segundo autoridades palestinas. Uma mulher e um garoto morreram e outras 25 pessoas ficaram feridas no ataque. Outros três civis foram mortos, em localidade próxima à Cidade de Gaza, em um ataque lançado por um navio de Israel, segundo autoridades.Além disso, militares israelenses bombardearam de madrugada pelo menos 50 alvos de militantes do Hamas, incluindo instalações para lançamento de foguetes e estocagem de armas, túneis usados para contrabando e bunkers. Não há notícia de ataques lançados por palestinos contra Israel.A ofensiva precede a votação, prevista para esta tarde, de uma proposta de trégua unilateral que daria fim a três semanas consecutivas de ataques de Israel contra o território palestino. O acordo, patrocinado pelo Egito, foi rejeitado pelo Hamas por desconsiderar suas exigências.Na sexta-feira, foi assinado um "memorando de entendimento" entre a secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, e a ministra de Relações Exteriores de Israel, Tzipi Livni, para garantir que os militantes do Hamas não se rearmem após o Estado judeu declarar cessar-fogo unilateral em Gaza.A campanha militar de Israel em Gaza teve início em 27 de dezembro, em resposta a ataques com foguete lançados quase diariamente pelo Hamas contra alvos no sul do território israelense. Desde então pelo menos 1.140 pessoas - metade das quais civis - foram mortas em Gaza, segundo os palestinos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.