Ataque químico receberá resposta "espetacular", diz general

O principal general americano no Kuwait prometeu hoje uma resposta "espetacular" a qualquer ataque com armas químicas por parte do Iraque, e disse que o risco de incidentes fatais entre companheiros de armas no conflito que se avizinha foi muito reduzido, graças à alta tecnologia.O tenente-general David D. McKiernan disse que a ameaça de armas químicas e biológicas é o maior perigo encarado por cerca de 100.000 soldados - em sua maioria americanos e britânicos - que se encontram sob seu comando ao sul da fronteira iraquiana."Seria uma péssima decisão por parte de qualquer formação militar ou líder iraquiano o emprego de armas químicas", disse McKiernan durante entrevista à imprensa.À pergunta de como responderia a um ataque deste tipo, o general simplesmente respondeu: "Espetacularmente".As forças americanas e britânicas estacionadas no norte do Kuwait realizam exercícios bélicos enquanto esperam o fim do prazo estabelecido pelo presidente George W. Bush para que Saddam parta para o exílio ou encare uma guerra. O noticiário até 18/3/2003Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.