Ataque rebelde mata um soldado e fere quatro na Tailândia

Rebeldes separatistas atacaram nesta quarta-feira um posto militar na região muçulmana do sul da Tailândia. Um soldado morreu e quatro ficaram feridos, informaram fontes oficiais.Cerca de 10 militantes do movimento separatista islâmico, armados com fuzis-metralhadores, atacaram a base no distrito de Raman, a nordeste da província de Yala, cerca de 1.200 quilômetros ao sul de Bangcoc.Desde domingo, pelo menos 15 pessoas foram assassinadas pelos insurgentes. Cerca de 1.700 pessoas morreram nas províncias muçulmanas desde que o movimento separatista islâmico retomou a luta armada em janeiro de 2004, após uma década de pouca atividade guerrilheira.O primeiro-ministro interino da Tailândia, Surayud Chulanont, viajou à vizinha Malásia para discutir o conflito no sul do país com o chefe de Governo malaio, Abdullah Badawi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.