Ataque rebelde matou 100 em vilarejo, diz ONU

Em resposta à intensificação dos ataques, rebeldes do Exército de Resistência do Senhor mataram cerca de cem pessoas no vilarejo de Tora, noroeste da República Democrática do Congo, no dia 16, afirmaram autoridades da ONU. O massacre elevou o número de vítimas do conflito no país para 900. Após o fracasso nas negociações de paz, Congo, Uganda e Sudão intensificaram o combate aos rebeldes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.