Ataque suicida deixa 22 policiais mortos

Um suicida matou ontem ao menos 22 policiais paquistaneses em um ataque à bomba na principal passagem fronteiriça do Paquistão para o Afeganistão. Foi o primeiro grande atentado desde que o chefe do Taleban paquistanês, Baitullah Mehsud, foi assassinado em um ataque aéreo dos EUA, no dia 5. A explosão aumenta o temor de que os militantes taleban estejam retomando os ataques na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.