Ataque suicida deixa pelo menos 6 mortos no Paquistão

Um terrorista suicida atravessou um posto de controle e detonou explosivos próximo a uma importante base da Força Aérea do Paquistão, nesta sexta-feira, matando pelo menos seis pessoas e ferindo outras nove, segundo a polícia. O incidente ocorreu na cidade de Kamra, a cerca de 80 km a oeste da capital, Islamabad, perto do Complexo Aeronáutico Paquistanês.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

23 de outubro de 2009 | 05h46

Segundo o delegado de polícia Fakhar Sultan, quatro civis e dois militares da Força Aérea morreram no atentado. O agressor se explodiu ao parar num posto de controle na estrada principal usada tanto por civis quanto pelo pessoal da Força Aérea, disse Sultan.

Não houve imediata reivindicação de responsabilidade pelo atentado, mas uma onda de ataques atribuídos ao Taleban e a extremistas ligados à Al-Qaeda já deixou mais de 190 pessoas mortas neste mês. Os militares têm sido o alvo principal. Na quinta-feira, um brigadeiro que trabalhava numa missão de paz da ONU no Sudão foi morto junto com seu motorista em Islamabad. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.