Ataque suicida em enterro de governador mata 4 no Afeganistão

Pelo menos quatro pessoas morreram e seisficaram feridas em um atentado suicida ocorrido nesta segunda-feira durante oenterro do governador da província de Paktia (leste do Afeganistão),Abdul Hakim Taniwal, que foi assassinado neste domingo, informaram àEfe fontes policiais. O ataque ocorreu por volta das 15h (7h30 de Brasília) no distritode Tani, na província de Khost, quando um homem vestido com uniformeda polícia detonou os explosivos que levava ao redor de seu corpodurante o funeral. Quatro policiais morreram no atentado, além do suicida, enquantooutras 25 das mais de mil pessoas que assistiram à cerimônia ficaramferidas. Vários membros do Governo afegão assistiam ao enterro, incluindoquatro ministros, já que o governador de Paktia foi o dirigenteafegão de mais alto escalão assassinado neste ano. Os talibãsreivindicaram a autoria do ataque. Taniwal morreu no domingo em um atentado suicida em frente a sua casana cidade de Gardez, capital de Paktia, em um ataque no qual seusecretário também morreu, além do agressor. Três guarda-costasficaram feridos na ação. Um suicida detonou os explosivos que levava presos a seu corpo nomomento em que Taniwal entrava em seu carro, acompanhado por seusecretário e seus seguranças.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.