Ataque suicida em funeral no Iraque deixa 15 mortos

Pelo menos 15 pessoas morreram após a explosão de um homem-bomba durante um funeral no qual estavam presentes membros de uma minoria étnica no norte do Iraque, segundo oficiais, marcando o mais recente episódio da onda de violência que tomou conta do país. O homem-bomba tirou seu cinto com explosivos dentro de uma tenda durante a cerimônia fúnebre de um membro da minoria Shabak perto da cidade de Mosul, a 360 quilômetros de Bagdá.

Agência Estado

14 de setembro de 2013 | 11h57

Em outro ponto do país, uma bomba coloca numa rodovia atingiu um carro, matando o motorista e sua esposa. Segundo a polícia, um menino de 11 anos também foi morto quando uma bomba atingiu a van na qual ele estava, a 150 km da capital. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
IRAQUEBOMBA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.