Ataque suicida em mesquita mata 48 no Paquistão

Pelo menos 250 pessoas estavam no local; governo vinha realizando operações contra militantes rebeldes na área.

BBC Brasil, BBC

27 de março de 2009 | 09h00

Pelo menos 48 pessoas morreram e 70 ficaram feridas após um ataque suicida em uma mesquita na cidade de Jamrud, no noroeste do Paquistão, segundo autoridades do país.

O atentado aconteceu quando cerca de 250 pessoas estavam reunidas no local para as orações da sexta-feira. O suicida detonou os explosivos no início das orações.

A mesquita ficava perto de um posto de controle situado em uma das tribos locais. Entre os mortos estão muitos policiais, membros da tribo, além de fiéis.

Imagens de TV mostram o prédio completamente destruído. Equipes de resgate ainda tentam salvar sobreviventes, mas acredita-se que ainda haja mortos enterrados nos escombros.

Segundo a correspondente da BBC no Paquistão, Barbara Plett, a região vem sendo alvo de operações do governo paquistanês, que tenta combater militantes responsabilizados por ataques contra caminhões da Otan que passam pelo local para levar suprimentos ao Afeganistão.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãobombaataquemortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.