Ataque suicida mata 10 e fere 7 no sul do Afeganistão

Um homem-bomba matou 10 pessoas e feriu outras sete neste domingo, após atacar uma patrulha do exército afegão em uma ponte na província de Helmand, no sul do Afeganistão, informou uma autoridade local.

AE, Agencia Estado

21 de março de 2010 | 10h31

Separadamente, outros dois civis morreram e quatro ficaram feridos depois que uma bomba explodiu perto de uma multidão que celebrava o Ano Novo Afegão no leste do país, segundo o comandante da polícia.

O atentado suicida ocorreu enquanto a patrulha atravessava a ponte em Gereshk, uma cidade ao norte da capital de Lashkar Gah. O porta-voz da província, Dawood Ahmadi, afirmou que todas as vítimas eram civis, a maioria vendedores.

Helmand tem sido cenário dos combates mais pesados nas últimas semanas, incluindo uma operação realizada no mês passado pelos Estados Unidos, Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e forças afegãs para assumir controle da cidade de Marjah, dominada pelo Talebã. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoviolênciaterrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.