Ataque suicida mata 30 em cidade portuária

A explosão de um caminhão-bomba no porto de Delly deixou ontem 30 mortos. O ataque ocorreu 48 horas depois de um homem-bomba detonar seus explosivos e deixar 20 mortos em meio a uma multidão que esperava o presidente Abdelaziz Bouteflika, em Batna, a 430 quilômetros de Argel. Integrantes da Al-Qaeda do norte da África assumiram os dois ataques.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.