Ataque suicida mata 40 xiitas em peregrinação

Uma explosão provocada por um suicida matou ontem pelo menos 40 peregrinos xiitas que passavam por Iskandariya, 40 quilômetros ao sul de Bagdá, no Iraque, e feriu outros 60. O grupo estava a caminho da cidade sagrada de Kerbala, 110 quilômetros ao sul da capital, onde acontece uma festividade anual que relembra o aniversário de morte do Ímã Hussein, neto do Profeta Maomé. O suicida vestia um cinturão de explosivos, que detonou ao invadir uma tenda onde os peregrinos descansavam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.