Ataque suicida mata 52 ao norte de Bagdá

Pelo menos 52 pessoas morreram ontem em um atentado suicida na frente de um posto policial de Tikrit, 130 km ao norte de Bagdá. O terrorista detonou seus explosivos entre centenas de recrutas. "Estávamos esperando em fila para entrar na delegacia, quando uma poderosa explosão me atirou no chão", contou Quteiba Muhsin, que fraturou as pernas no ataque. Cerca de 150 pessoas ficaram feridas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.