Ataque suicida mata 8 combatentes xiitas no Iraque

Autoridades iraquianas afirmaram que um bombardeio suicida matou oito combatentes xiitas ao norte de Bagdá. Policiais do Iraque disseram que o ataque ocorreu na tarde deste sábado, quando um homem-bomba detonou os explosivos presos ao seu corpo em uma reunião de milícias na cidade de Taji. A explosão feriu 17 pessoas.

Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2014 | 15h57

Autoridades médicas confirmaram o número de mortes. Todos falaram em condição de anonimato porque não foram autorizados a divulgar informações.

Em junho, milhares de xiitas iraquianos responderam a um chamado para que se unissem às forças que combatem militantes sunitas do Estado Islâmico. O grupo já tomou o controle de diversas regiões do norte e do leste do país. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueEstado Islâmicoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.