Ataque suicida mata 8 e fere 150 em Jerusalém

Dois atacantes suicidas explodiram bombas em um movimentado passeio de pedestres no centro de Jerusalém. As explosões fizeram dezenas de vítimas, segundo a polícia local.De acordo com informações da rede de TV CNN, 8 pessoas morreram e 150 ficaram feridas. Testemunhas disseram ter visto cadáveres espalhados em torno dos locais das explosões."Havia pedaços de corpos e cadáveres", disse Michael Perry, de 37 anos, que estava junto a uma grade do passeio Ben Yahuda quando ouviu as explosões, pouco após a meia-noite."Vi três mortos e o que pareciam os restos de um atacante", acrescentou Perry.Pouco depois das duas explosões, uma bomba explodiu em um automóvel estacionado perto do calçadão, disse o chefe de polícia, Mickey Levy.Nenhum grupo assumiu de imediato a responsabilidade pelos atentados.No entanto, os grupos extremistas Hamas e Jihad Islâmica vinham ameaçando vingar-se pela morte de Mahmoud Abu Hanoud, dirigente do braço militar do Hamas na Cisjordânia.Abu Hanoud morreu num ataque de mísseis israelenses. Há dois dias apenas, um militante do grupo Jihad Islâmica detonou uma bomba que matou três passageiros de um ônibus israelense e o próprio atacante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.