Ataque suicida mata ao menos 30 pessoas e fere 80 no Afeganistão

Um ataque suicida com bomba atingiu uma agência bancária neste sábado na cidade de Jalalabad, no Afeganistão, matando pelo menos 30 pessoas, disseram autoridades.

Estadão Conteúdo

18 de abril de 2015 | 08h01

Ahmad Zia Abdulzai, porta-voz do governo da província de Nangarhar, disse que mais de 80 pessoas também ficaram feridas. "Há relatos de muitos feridos em estado crítico no hospital", disse Abdulzai

Uma pessoa detonou uma moto que estava carregada de explosivos, tendo como alvo uma multidão de militares e civis que estavam reunidos do lado de fora do banco para receber seus salários.

A agência bancária situa-se no centro de uma zona comercial que está sempre lotada, disse Abdulzai. Outra explosão foi relatada perto de um santuário em Jalalabad, mas ninguém ficou ferido.

Uma terceira explosão também foi ouvida em Jalalabad, mas foi realizada pelo exército afegão na província de Nangarhar Behsud, disse Abdulzai. Enquanto isso, um outro atentado na província de Behsud deixou um civil morto e feriu outros dois, disse Abdulzai, acrescentando que, aparentemente, a bomba estava dentro de um carro e foi detonada por controle remoto.

O governo paquistanês, que está coordenando uma campanha com o Afeganistão contra o terrorismo, condenou os ataques deste sábado. Um comunicado divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores do Paquistão chamou os atentados de covardes e indiscriminados e disse que ataques contra civis não têm qualquer justificativa. Por enquanto, nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelos ataques. Fonte: Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.