Ataque suicida mata ministro da Defesa da Síria, diz TV estatal

Homem-bomba atingiu o prédio que abriga a força de Segurança Nacional do país, em Damasco.

BBC Brasil, BBC

18 de julho de 2012 | 07h51

A TV estatal da Síria afirmou nesta quarta-feira, 18, que o ministro da Defesa do país, Dawod Rajha, morreu em uma explosão no prédio que abriga a força de segurança nacional.

Um homem-bomba teria se explodido no edifício na capital, Damasco, em uma escalada de violência no país.

Informações da cidade dão conta de que o conflito armado está cada vez mais intenso.

Um vídeo divulgado na internet parece mostrar um acampamento em chamas diante do palácio presidencial.

Tiroteios intensos foram registrados também em vias de acesso ao sul da capital.

A oposição diz que está próxima de derrubar o governo, mas autoridades desmentem.

Um repórter da BBC na região afirma que, embora a oposição tenha redobrado seus esforços, as sedes do governo ainda não teriam sido ameaçadas.

O Conselho de Segurança da ONU deve votar ainda hoje se impõe novas sanções ao país. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
síriadamascodefesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.