Ataque suicida mata quatro pessoas no Sinai

Autoridades egípcias alegam que um carro carregado de explosivos explodiu em um posto de controle perto de uma cidade costeira na Península do Sinai, matando três soldados e um policial.

AE, Agência Estado

10 de outubro de 2013 | 06h01

As autoridades de segurança dizem que o ataque ocorreu na quinta-feira perto da cidade de al-Arish. O homem-bomba se aproximou lentamente do posto, esperou os soldados e policiais iniciarem uma busca no carro antes de explodir a si mesmo e seu veículo. Cinco outras pessoas ficaram feridas.

As autoridades falaram sob condição de anonimato de acordo com os regulamentos.

Militantes islâmicos têm atacado as forças de segurança no Sinai há anos, mas a frequência dos ataques tem crescido dramaticamente desde a queda do presidente islamita Mohammed Morsi em julho. O exército e a polícia estão travando uma campanha contra os militantes no norte do Sinai. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Egitoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.