Ataque suicida mata três soldados americanos no Iraque

Ponte onde ocorreu atentado está parcialmente destruída; há 7 feridos

Agencia Estado

15 Junho 2007 | 02h48

Três soldados americanos morreram e outros seis ficaram feridos no domingo, 10, em um ataque suicida contra um posto de controle ao sul de Bagdá. Um tradutor iraquiano também foi ferido. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 11, pelo comando militar americano. Segundo o comando dos Estados Unidos, os militares se encontravam em uma ponte nas proximidades da localidade de Mahmudiya, 40 quilômetros ao sul de Bagdá, quando um caminhão carregado de explosivos se chocou contra seu posto. Como conseqüência da explosão vários soldados ficaram presos entre as ferragens e escombros da ponte, e a estrada que liga a capital ao sul do país ficou interrompida. Uma equipe de engenheiros se dirigiu à ponte, que ficou parcialmente destruída, para tentar repará-la para resgatar os militares e liberar o caminho. O Exército anunciou nesta manhã a morte de outros dois de seus soldados em diferentes ações de combate ocorridas no domingo e no sábado.

Mais conteúdo sobre:
Iraque americanos soldados EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.