Ataque suicida na Chechênia mata 4 policiais

Pelo menos quatro policiais morreram e outros três ficaram gravemente feridos em um ataque suicida lançado em Grozny, capital da Chechênia, durante a comemoração do aniversário do líder pró-Kremlin da república russa, Ramzan Kadyrov.

Estadão Conteúdo

05 de outubro de 2014 | 13h34

Segundo Kadyrov, o suicida estava trajado como policial e apresentou identificação quando tentou ultrapassar um detector de metais diante de uma sala de concertos em Grozny. O suicida detonou os explosivos que carregava no momento em que policiais tentaram detê-lo, afirmou Kadyrov.

Após duas guerras separatistas durante a década de 1990, a Chechênia tornou-se mais estável sob o comando de Kadyrov. Ainda há, no entanto, um movimento insurgente em ação no norte da região do Cáucaso, que inclui a Chechênia. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RÚSSIACHECHÊNIAATAQUE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.