Ataque suicida na Nigéria deixa 5 mortos

Pelo menos cinco pessoas morreram no nordeste da Nigéria nesta segunda-feira após dois motociclistas suicidas detonarem explosivos com o objetivo de atingir um comboio que transportava um alto oficial da polícia nigeriana, informaram autoridades locais.

AE, Agência Estado

30 de abril de 2012 | 08h26

O atentado tinha como alvo o comissário de polícia Mamman Sule, que seguia para seu escritório em Jalingo, capital do Estado de Taraba, e escapou ileso do ataque, segundo um porta-voz policial.

As bombas causaram graves danos a um mercado de beira de estrada e estourou as janelas do prédio do Ministério das Finanças, que fica nas redondezas, de acordo com relatos de testemunhas.

Nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque. Neste domingo, um atentado duplo ao campus de uma universidade e uma igreja deixou ao menos 21 mortos. O ataque de ontem é semelhante a outros lançados pela seita radical islâmica conhecida como Boko Haram. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
NigériaAtaque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.