Ataque suicida no Paquistão deixa 20 mortos

KHAR, PAQUISTÃO - Pelo menos 20 pessoas foram mortas e 40 ficaram feridas nesta sexta-feira num ataque suicida lançado pelo Taleban em um mercado paquistanês próximo à fronteira com o Afeganistão, informaram autoridades locais.

AE, Agência Estado

04 Maio 2012 | 10h39

O atentado ocorreu um dia depois de os Estados Unidos divulgarem cartas, encontradas no complexo onde Osama bin Laden foi morto por forças americanas há pouco mais de um ano, criticando os militantes paquistaneses por matarem muitos civis.

Um homem-bomba detonou os explosivos ao se aproximar de um posto de segurança ao lado de um mercado na cidade de Khar, no noroeste do Paquistão. O ataque ocorreu no momento em que os residentes seguiam para o trabalho ou levavam os filhos para a escola. Os mortos do atentado incluem uma mulher e várias crianças.

Cinco dos mortos da explosão, que atingiu o distrito tribal de Bajur, eram membros da forças de segurança locais, incluindo um que havia recebido uma comenda por bravura em combates contra militantes islâmicos, segundo um oficial administrativo. Os demais eram transeuntes.

O braço paquistanês do Taleban assumiu a autoria do ataque.

As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Paquistãoataqueatualiza 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.