Ataque xiita contra cidade sunita mata 25

Pelo menos 25 pessoas morreram e 48 ficaram feridas no norte do Iêmen, onde rebeldes xiitas atacaram a cidade sunita de Saada. O conflito no norte é um dos vários que assolam o Iêmen, que planeja realizar eleições em fevereiro para substituir o presidente Ali Abdullah Saleh, que assinou acordo para deixar o poder após 32 anos. O líder da oposição, Mohamed Basindawa, foi encarregado de formar o governo de união nacional que comandará o país até a eleição. Ontem, foi anunciada anistia para os envolvidos nos protestos políticos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.