Ataques a bomba matam 7 soldados americanos no Afeganistão

GUERRA AO TERROR

, O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2010 | 00h00

Pelo menos sete soldados americanos morreram ontem no sul do Afeganistão, vítimas da explosão de duas bomba, em dois ataques separados. Um terceiro atentado também realizado ontem, desta vez com um carro-bomba, matou o governador do distrito de Lal Por, Said Muhamad Pahlaun, e deixou pelo menos quatro feridos.

O comando da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) não deu detalhes sobre os locais onde os atentados contra os militares ocorreram nem sobre a identidade das vítimas. Segundo o site independente icasualties.org, 61 soldados estrangeiros morreram em agosto no Afeganistão, sem contar as 7 vítimas de ontem. A maioria foi atingida num corredor que passa pelo sul e o leste do território afegão, zona comumente associada às ações terroristas do grupo radical Taleban.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.