Ataques a mesquitas matam pelo menos 37 no Iraque

Um atentado suicida com carro-bomba devastou uma mesquita xiita no norte do Iraque em meio a uma série de ataques nos quais 37 peregrinos e fiéis da seita islâmica morreram e dezenas ficaram feridos hoje, informaram fontes médicas e policiais. No pior ataque do dia, pelo menos 30 pessoas morreram na explosão do carro-bomba, informou um oficial da polícia de Nínive sob a condição de anonimato. Segundo ele, o atentado ocorreu na região norte de Mossul. O templo xiita foi devastado e cerca de 80 ficaram feridos.

AE-AP, Agencia Estado

07 de agosto de 2009 | 13h34

Mais cedo, três mesquitas xiitas de Bagdá foram alvos de ataques a bomba. Sete pessoas morreram e dezenas ficaram feridas nas explosões. Os atentados ocorrem em meio a temores de que grupos armados estejam tentando retomar a violência sectária que assolou o país árabe em 2006 e 2007.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueataquesmesquistasxiitas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.