Pablo Martinez Monsivais/AP
Pablo Martinez Monsivais/AP

Ataques aéreos dos EUA atingem extremistas no Iraque

O Comando Central norte-americano disse que as forças militares usaram aviões de caça para lançarem duas ofensivas no norte da cidade de Irbil

Estadão Conteúdo

16 de setembro de 2014 | 20h30

O Departamento de Defesa afirmou que o Exército dos Estados Unidos continuou sua campanha ampliada contra os militantes do Estado Islâmico nesta terça-feira com cinco ataques aéreos no Iraque.

O Comando Central norte-americano disse que as forças militares usaram aviões de caça para lançarem duas ofensivas no norte da cidade de Irbil. Os ataques atingiram um caminhão blindado e combatentes. Outros três bombardeios aéreos ao sul de Bagdá explodiram equipamentos de artilharia antiaérea, um caminhão e dois barcos no rio Eufrates que forneciam suprimentos aos militantes.

Os ataques fazem parte da nova missão militar dos EUA no Iraque, autorizada pelo presidente Barack Obama, que teve início na segunda-feira. Com as novas operações, as forças norte-americanas perseguem os membros Estado Islâmico. Antes, os ataques eram limitados à proteção dos interesses e dos funcionários dos Estados Unidos. Fontes: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueEUAEstado Islâmico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.