Ataques americanos deixam 32 mortos em Faluja

O exército dos Estados Unidos realizou nesta sexta-feira uma série de ataques contra uma forteleza sunita em Faluja, deixando pelo menos 32 mortos e 48 feridos, informaram fontes médicas e militares. Os ataques começaram ainda na quinta-feira e tiveram como alvo os aliados do dirigente terrorista Abu Musab al-Zarqawi. O médico Ali Auad, do Hospital Geral de Faluja, disse que entre os mortos e feridos havia mulheres e crianças. Segundo o exército dos EUA, espiões garantem que 60 rebeldes morreram no ataque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.