Ataques com aviões não-tripulados matam 13 no Paquistão

Uma série de ataques com aviões não-tripulados atingiu o norte do Paquistão no fim de semana, matando 13 pessoas em três ataques distintos, disseram autoridades e testemunhas no domingo.

Reuters

19 de agosto de 2012 | 14h05

Os ataques aconteceram no momento em que paquistaneses comemoram o fim do mês sagrado do Ramadã com o festival de Eid al-Fitr.

Um avião não-tripulado matou cinco pessoas e feriu duas no Waziristão do Norte na manhã de domingo, disse um oficial de inteligência. Segundo ele, o número de mortos foi baseado em conversas interceptadas entre os militantes.

Mais tarde no domingo, um outro ataque matou duas pessoas e feriu outras duas perto do local do ataque anterior, disseram dois oficiais da inteligência.

No sábado, um ataque com avião não-tripulado matou seis pessoas e feriu outras duas. Os mortos eram integrantes do Taliban local e combatentes da província de Punjab, disseram autoridades de segurança e uma fonte tribal.

Ataques aéreos são controversos no Paquistão, onde muitos políticos os condenam como uma violação da soberania.

(Reportagem de Haji Mujtaba)

Tudo o que sabemos sobre:
PAQUISTAOATAQUEMORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.