Ataques com bombas deixam 25 mortos na Nigéria

Supostos membros de uma seita islâmica atacaram com bombas três bares ao ar livre no nordeste da Nigéria hoje, matando 25 pessoas e ferindo outras 12. Segundo autoridades locais, dois homens que estavam na garupa de motocicletas arremessaram bombas em direção aos bares, que são espaços bastante movimentados durante a noite.

AE, Agência Estado

26 de junho de 2011 | 19h35

A polícia atribuiu os ataques a um grupo conhecido como Boko Haram, que na língua local, o hauçá, significa "educação ocidental é um sacrilégio".

O grupo já reivindicou a autoria de uma série de ataques no nordeste do país. A maioria ocorreu em Maiduguri, que fica a cerca de 870 quilômetros da capital, Abuja. No começo deste mês, o grupo assumiu a autoria de um ataque que deixou 22 mortos em um quartel da polícia em Abuja. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Nigériaataquesbombasmortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.