Ataques com bombas matam 10 pessoas em Bagdá

Dois carros-bomba explodiram num subúrbio de Bagdá nesta segunda-feira, o último dos dois ataques registrados que deixaram pelo menos 10 mortos na capital iraquiana.

Agência Estado

06 de maio de 2013 | 14h29

Dois carros estacionados explodiram simultaneamente numa rua de Husseinya, matando cinco civis e um policial que estava num posto de verificação próximo, informaram dois policiais. Não estava claro qual era o alvo do ataque. Outras 21 pessoas, dentre elas 17 civis, ficaram feridas. Hussainya fica a 25 quilômetros do centro de Bagdá.

No interior da capital, uma bomba explodiu do lado de fora de um restaurante na hora do almoço no bairro de Dora. Quatro clientes do restaurante morreram e 11 pessoas ficaram feridas. Dois médicos de hospitais próximos confirmaram os números de mortos e feridos.

Os ataques aconteceram um dia depois de nove pessoas terem sido mortas numa série de explosões dentro e nas proximidades de Bagdá.

A violência aumentou no Iraque após ações de repressão contra um acampamento sunita no norte do país. O grupo protestava contra o tratamento recebido do governo, liderado por xiitas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueataquesBagdá

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.