Ataques com carros-bomba deixam pelo menos seis mortos na Síria

Atentado, reivindicado pelo Estado Islâmico, ocorreu próximo à fronteira da Síria com a Jordânia

O Estado de S.Paulo

16 Maio 2017 | 02h43

AMÃ - A explosão de dois carros-bomba matou pelo menos seis pessoas e feriu várias outras no campo de refugiados de Rukban, na fronteira da Síria com a Jordânia, na segunda-feira 15. O ataque foi reivindicado pelo Estado Islâmico (EI). 

Uma explosão ocorreu perto de um restaurante e a segunda teve como alvo um mercado próximo. "Há pelo menos seis civis mortos e o número deve subir", disse Mohammad Adnan, oficial do grupo rebelde Jaish Ahrar al-Ashair. 

O Estado Islâmico disse em um comunicado que seus soldados "realizaram um ataque no campo de Rukban", segundo o grupo de monitoramento norte-americano SITE. 

Em janeiro, um carro-bomba matou várias pessoas no mesmo campo e desde então o grupo terrorista tem lançado ataques contra rebeldes sírios na região. 

Rukban, próximo da fronteira entre a Síria, o Iraque e a Jordânia, é lar de refugiados e de grupos rebeldes, incluindo o Jaish Ahrar al-Ashair, que luta contra o presidente Bashar Assad e o Estado Islâmico. O campo também foi alvo de ataques no ano passado. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.