Ataques com mísseis dos EUA matam 6 pessoas no Paquistão

Incidente aconteceu na fronteira com o Afeganistão em região dominada pela Al-Qaeda

EFE

16 de abril de 2010 | 08h49

ISLAMABAD - Pelo menos seis pessoas morreram nesta sexta-feira, 16, e outras cinco ficaram feridas em dois novos ataques com mísseis supostamente lançados por aviões não tripulados dos Estados Unidos, na região tribal paquistanesa de Waziristão do Norte, informou uma fonte oficial.

 

Os ataques ocorreram em uma região na fronteira com o Afeganistão que é refúgio de membros da rede terrorista Al-Qaeda e de facções taleban paquistanesas e afegãs, segundo a fonte, citada pela rede "Dawn TV".

 

Waziristão do Norte é a localidade mais atingida - nesta semana ocorreram outros dois ataques - por aviões não tripulados americanos, que desde 2008 já realizaram 110 ações similares em território paquistanês.

 

O Governo do país asiático rejeita em público estes ataques, embora fontes oficiais dos EUA e do Paquistão consultadas pela Agência Efe reconheceram que os serviços de inteligência dos dois países cooperampara realizar ações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.