Ataques de Israel atingem cemitério na Cidade de Gaza

A artilharia israelense atacou hoje um cemitério em Cidade de Gaza, onde pulverizou cadáveres recentemente enterrados, além de túneis clandestinos que seriam supostamente usados para o contrabando de armas. Cerca de 30 tumbas do cemitério Sheik Radwan foram destruídas. Além do cemitério, aviões e helicópteros israelenses atacaram 60 alvos, durante a noite, incluindo um posto policial, plataformas de lançamento de foguetes, arsenais e mais de 30 túneis, segundo os militares.A ofensiva israelense em Gaza tem como objetivo declarado interromper os ataques com foguetes vindos de Gaza e já matou mais de mil palestinos, segundo autoridades médicas da Faixa de Gaza. Os civis representam a metade das vítimas. O alvo israelense é o grupo militante islâmico Hamas, que controla a Faixa de Gaza.Nos ataques na madrugada de hoje, morreram quatro palestinos, pelo menos dois deles seriam milicianos, segundo os médicos. Treze israelenses também morreram desde o início da ofensiva, quatro deles por foguetes disparados de Gaza. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.