Ataques de rebeldes deixam três mortos na Tailândia

Três pessoas morreram e outras 12 foram feridas em ataques promovidos nas últimas 48 horas por insurgentesda região muçulmana do sul da Tailândia, informaram nesta quarta-feira fontes policiais.Na noite de terça-feira, homens armados com pistolas mataram dois jovens na província de Narathiwat. Poucas horas antes, em Yala, um civil morreu ao levar vários tiros quando caminhava com seu filho.Ao anoitecer, a explosão de uma bomba em frente a uma loja em Narathiwat, capital da província do mesmo nome, feriu gravemente três soldados de uma patrulha.Em Yala, também na terça-feira, três jovens muçulmanos foram feridos pelos tiros de um grupo de insurgentes que invadiu a casa onde eles estavam. Outras seis pessoas, quatro homens e duas mulheres, foram feridas na noite de segunda-feira por uma bomba que explodiu junto à entrada de um restaurante de Narathiwat.A violência nas províncias muçulmanas cresce apesar dasiniciativas do governo militar de Bangcoc para pacificar a região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.