Ataques deixam 18 mortos no Paquistão

QUETTA, PAQUISTÃO

, O Estado de S.Paulo

15 de agosto de 2011 | 00h00

Pelo menos 18 pessoas, entre elas 3 paramilitares paquistaneses, morreram ontem em diferentes ataques na fronteira do Paquistão com o Afeganistão. Uma bomba acionada por controle remoto explodiu em um hotel de dois andares na localidade de Dera Allah Yar, na Província do Baluquistão, deixando ao menos 14 mortos e 23 feridos.

Na mesma província, um jornalista foi morto a tiros na cidade de Jusdar. Em Miranshah, a principal cidade do distrito do Waziristão do Norte - reduto do grupo radical islâmico Taleban -, quatro foguetes foram lançados contra o quartel quando os soldados se preparavam para celebrar o Dia da Independência do Paquistão. Segundo as autoridades, 3 soldados morreram e 25 ficaram feridos. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.