Ataques deixam oito peregrinos mortos no Iraque

Dois micro-ônibus repletos de peregrinos xiitas foram atingidos por bombas quando retornavam a Bagdá hoje, em explosões que deixaram oito mortos e 24 feridos, informaram autoridades locais. A primeira explosão atingiu um micro-ônibus no momento do desembarque em Cidade Sadr, um bairro predominantemente xiita da capital iraquiana. Quatro pessoas morreram e 11 ficaram feridas ali, informou a polícia de Bagdá.O motorista, que sobreviveu à explosão, disse que estava retornando de uma peregrinação à cidade sagrada de Kerbala, cerca de 80 quilômetros ao sul da capital do Iraque. O segundo micro-ônibus atacado retornava de Kerbala quando foi alvo de uma explosão em Al-Kamaliya, um bairro da região sudoeste de Bagdá. Quatro pessoas morreram e 13 ficaram feridas, informou a polícia.Os atentados sucedem uma onda de ataques durante a qual 60 pessoas morreram e 170 ficaram feridas no decorrer da última semana tendo como alvo os peregrinos xiitas que vão a Kerbala para o fim do luto anual de 40 dias pela morte do imã Hussein, neto do profeta Maomé.

AE-AP, Agencia Estado

16 de fevereiro de 2009 | 11h55

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueviolênciamortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.