Ataques deixam quatro mortos e nove feridos no Iraque

Região dos incidentes é um dos principais redutos da resistência iraquiana e da rede terrorista Al Qaeda

EFE

30 de maio de 2009 | 05h52

Quatro pessoas morreram e outras nove ficaram feridas em vários atentados e ataques registrados neste sábado na província de Diyala, ao nordeste de Bagdá, informaram fontes policiais. Dois policiais perderam a vida e outros quatro ficaram feridos na explosão de uma bomba nesta madrugada a cerca de 80 quilômetros ao leste de Baquba, capital de Diyala, precisaram as fontes, que indicaram que as forças de segurança detiveram quatro suspeitos.

 

Além disso, um civil morreu e um de seus filhos ficou ferido na explosão de uma bomba nas proximidades de sua casa, 35 quilômetros ao oeste de Baquba. Outro civil perdeu a vida esta manhã nas vizinhanças de sua casa, baleado por um grupo armado que estava em um carro, em uma aldeia ao norte dessa capital provincial.

 

Em um incidente separado, a explosão de uma bomba feriu quatro civis de uma mesma família nas proximidades do sul de Baquba. Diyala e a província de Ninawa, no norte do Iraque, são consideradas os principais redutos da resistência iraquiana e da rede terrorista Al Qaeda.

Tudo o que sabemos sobre:
BAGDÁIRAQUEATAQUES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.