Ataques do Boko Haram fazem 10 mil refugiados em Camarões

Grupo extremista Boko Haram, que controla uma faixa de terreno na Nigéria próximo de Camarões, atacou ao menos uma dezena de vilarejos camaroneses no último mês

O Estado de S. Paulo

20 de janeiro de 2015 | 19h05

Mais de 10 mil camaroneses fogem de suas casas na fronteira com a Nigéria na tentativa de escapar do terror imposto pelos ataques do grupo radical islâmico Boko Haram, informaram autoridades locais nesta terça-feira, 20.

O grupo extremista Boko Haram, que controla uma faixa de terreno na Nigéria próximo de Camarões, atacou ao menos uma dezena de vilarejos camaroneses no último mês.

Os ataques expõem a ameaça crescente do grupo nigeriano, que tenta impor a lei islâmica na Nigéria. No domingo, o Boko Haram atacou a cidade de Mabass, e também sequestrou cerca de 60 pessoas. Relatos afirmam que 30 delas conseguiram fugir. / ASSOCIATED PRESS

Tudo o que sabemos sobre:
CamarõesBoko Haramrefugiados

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.