Ataques do governo sírio deixam 16 mortos

Pelo menos 16 pessoas morreram em ataques aéreos do governo sírio lançados ontem à noite contra prédios da cidade de Douma, que é controlada por rebeldes, informaram ativistas neste sábado.

Estadão Conteúdo

18 de outubro de 2014 | 10h49

As vítimas fatais incluem ao menos três crianças e uma mulher, segundo o ativista local Hassan Taqulden e o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, que tem sede em Londres.

O número de mortos deverá subir porque ainda há pessoas soterradas sob os escombros dos prédios, disseram os ativistas.

Nas últimas três semanas, a Força Aérea da Síria intensificou os bombardeios em Douma, como parte de uma estratégia para assegurar o controle do governo em áreas ao redor de Damasco, a capital síria.

A guerra civil na Síria, iniciada há cerca de três anos, já causou a morte de mais de 200 mil pessoas, segundo cálculos de ativistas. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.