Ataques do Taleban matam ao menos 21 em Kandahar

Insurgentes do Taleban armados com bombas, rifles automáticos e granadas de propulsão atacaram hoje a sede da polícia de Kandahar durante um sangrento atentando na cidade afegã, que deixou pelo menos 21 mortos e dezenas de feridos. Quinze das vítimas eram policiais, informou o governador da província, Toryalai Wesa.

AE, Agência Estado

12 de fevereiro de 2011 | 13h21

O porta-voz do Ministério de Interior do Afeganistão, Zemeri Bashary, disse que três soldados afegãos, dois civis e um agente do serviço de inteligência também morreram no ataque.

Explosivos foram detonados próximo da sede da polícia, que fica na região central de Kandahar, não muito longe do gabinete do governo. Relatos iniciais sugerem que um carro-bomba explodiu do lado de fora do complexo policial e, logo em seguida, dois homens-bomba tentaram invadir o quartel e se suicidaram perto do muro, de acordo com autoridades da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em Kandahar. Cinco outros militantes também equipados com coletes suicida se confrontaram com policiais por várias horas, disse Bashary.

O atentado mostra que os insurgentes ainda são capazes de atacar as instituições do governo, apesar da chegada de tropas norte-americanas à província no ano passado. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.