Ataques dos EUA podem ter matado 7 membros da Al-Qaeda

Um oficial militar iemenita diz que ataques de aviões não tripulados (drones) dos Estados Unidos podem ter matado sete supostos militantes da Al-Qaeda na fortaleza do grupo em Abyan, no sul do país. O funcionário disse que dois drones atingiram dois carros neste sábado, 1, matando os supostos militantes e ferindo mais duas pessoas. O funcionário, que falou sob condição de anonimato, não identificou as vítimas.

AE, Agência Estado

01 de junho de 2013 | 10h18

Também neste sábado, 1, dois homens armados em uma moto atiraram e mataram o coronel Yahya al-Umaysi, comandante de uma base aérea na cidade de Sayoun, na província de Hadramawt, no Iêmen. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
violânciaEUAAl-Qaedaaviões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.