Ataques em Gaza deixam dois mortos e dois feridos

Duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas, uma delas gravemente, em dois ataques israelenses na Faixa de Gaza, segundo fontes médicas. Um dos ataques ocorreu no campo de refugiados de Jabalia, onde o Exército de Israel lançou um míssil contra um grupo de milicianos que estava reunido para enfrentar a infantaria israelense, que faz uma incursão na região para impedir o lançamento de foguetes Qassam. Um miliciano morreu e outro ficou gravemente ferido. Horas antes, o Exército tinha lançado outro ataque contra a localidade de Beit Lahia, também contra um grupo de milicianos que enfrentavam as tropas israelenses. Uma rajada realizada por um tanque atingiu um jovem de 19 anos que estava observando a cena e que morreu na hora. O Exército israelense informou que atacou "estruturas" utilizadas pelo movimento nacionalista Fatah para "atividades terroristas". As forças armadas, segundo o comunicado, continuarão lutando contra "as organizações terroristas e suas infra-estruturas, seja qual for a sua filiação política", enquanto continuarem caindo foguetes palestinos sobre Israel. Enquanto isso, na Cisjordânia, o Exército israelense deteve 12 milicianos palestinos nesta quinta-feira, entre eles quatro membros da Jihad Islâmica, que, segundo as Forças Armadas de Israel, estavam preparando um atentado. Foram encontrados com os homens, detidos perto de Jenin, material explosivo e provas de que planejavam um ataque dentro do território de Israel que aconteceria nos próximos dias.

Agencia Estado,

23 Novembro 2006 | 11h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.