Ataques matam 12 e dez corpos são achados no Iraque

Pelo menos 12 iraquianos, entre eles sete policiais, morreram nas últimas 24 horas em vários ataques da insurgência perpetrados em diferentes partes do país. Além disso, dez corpos foram achados, segundo fontes da polícia local.As fontes explicaram que cinco policiais morreram em diferentes atentados em Faluja, a 50 quilômetros a oeste de Bagdá, enquanto um soldado morreu e outros sete ficaram feridos na explosão de uma bomba na passagem de seu comboio no sul de Kirkuk, 250 quilômetros aonorte da capital.Em um incidente separado no leste de Bagdá, um grupo de homens armados obrigou um oficial da segurança da Universidade de Bagdá a abandonar seu veículo e, depois, atirou nele em público.No sul de Bagdá, um civil morreu e outro ficou ferido na explosão de uma bomba que tinha sido colocada no interior de um veículo, enquanto homens armados mataram o funcionário de uma padaria situada no bairro Al Dura.Outros dois civis morreram ao serem atacados a tiros por insurgentes no nordeste de Baquba, 65 quilômetros a nordeste de Bagdá.Na província xiita de Karbala, 100 quilômetros ao sul de Bagdá, insurgentes mataram quarta-feira à noite um representante da inteligência enquanto ele retornava para casa.Fontes do centro médico de Al-Adli informaram, por sua parte, que receberam cinco cadáveres de identidade desconhecida, um deles de uma criança de menos de dez anos. Segundo as fontes, os corpos foram achados ontem pelo exército iraquiano.Outros cinco cadáveres, três deles com tiros, foram achados pela Polícia em diferentes bairros de Bagdá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.