Ataques matam 17 soldados perto de Bagdá

Confrontos e um ataque suicida mataram 17 soldados em áreas próximas de Bagdá na madrugada deste sábado, informaram autoridades do Iraque. Hassan Fadaam, membro do conselho da província de Babil, revelou que militantes sunitas e forças de segurança entraram em conflito em Jurf al-Sakhar, uma cidade predominantemente sunita e localizada cerca de 50 quilômetros ao sul da capital iraquiana, deixando ao menos nove soldados e 12 extremistas mortos.

AE-AP, Estadão Conteúdo

02 de agosto de 2014 | 13h46

Paralelamente, a polícia informou que um homem bateu seu carro carregado com explosivos contra um grupo de soldados iraquianos na cidade de Balad, ao norte de Bagdá, matando oito soldados e ferindo outros 23. Os números de mortos e feridos foram confirmados por uma autoridade do hospital, que pediu para não ser identificada. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUEATAQUES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.