Reuters
Reuters

Ataques matam 18 no Afeganistão

Atentados contra a polícia ocorreram em Jalalabad e foram reivindicados pelo Taleban

O Estado de S. Paulo,

20 de março de 2014 | 10h50

CABUL - Pelo menos 18 pessoas morreram e 14 ficaram feridas nesta quinta-feira, 20, em uma sequência de ataques contra uma delegacia na cidade de Jalalabad, no leste do Afeganistão. Dos mortos, 10 eram policiais, 7 eram suspeitos de terrorismo e um era civil.

O ataque começou durante o amanhecer na capital da província de Nangarhar quando um insurgente explodiu a bomba que carregava em seu veículo em frente à delegacia. A explosão foi seguida por outra detonação e troca de tiros entre a polícia e o Taleban.

"Foram assassinados um oficial da polícia e outros nove agentes, enquanto 14 pessoas ficaram feridas", afirmou o porta-voz da polícia Hazrat Hussain Mashrigiwal, que informou também que um civil e sete terroristas perderam a vida no ataque.

Humayoun Zahir, diretor do hospital para onde foram enviadas as vítimas, elevou o número de feridos e assegurou ao jornal local "Pajhwok" que 22 pessoas foram atendidas, a maioria policiais.

O confronto entre as forças de segurança e o Taleban durou várias horas. Um porta-voz dos insurgentes, Zabihula Mujahid, reivindicou o ataque e assegurou que na operação morreram "mais de 20 policiais" / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoTaleban

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.