Ataques matam nove e 29 corpos são encontrados no Iraque

Vinte e nove corpos com marcas de tiros foram encontrados nas últimas 24 horas em diferentes bairros de Bagdá, onde uma série de ataques deixou nesta quinta-feira pelo menos nove mortos. Segundo fontes do Ministério do Interior iraquiano, alguns dos corpos encontrados tinham sinais de tortura. As fontes informaram também que um oficial do ministério morreu Nesta quinta-feira e o motorista ficou ferido ao ser baleado por insurgentes que atacaram o carro no qual viajavam no leste de Bagdá. Em outro ataque, também no leste da capital, um soldado iraquiano morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas na explosão de uma bomba na passagem de seu comboio. Um terceiro atentado cometido nesta quinta-feira com carro-bomba em outro bairro do leste de Bagdá matou dois civis e deixou quatro feridos, entre eles dois soldados iraquianos. Outras três pessoas morreram em um atentado similar em uma rua comercial no sul da capital. Uma bomba explodiu nesta quinta-feira em um mercado do centro de Bagdá e matou dois iraquianos, ferindo outros 22. Na quarta-feira à noite, um civil morreu e outros 25 ficaram feridos em um ataque com mais de 20 bombas contra o bairro sunita de Adhamiya, no norte de Bagdá. Além disso, um analista em explosivos morreu na quarta-feira à noite e três de seus auxiliares ficaram feridos na explosão de um carro-bomba enquanto tentavam desativá-lo, no oeste da capital.

Agencia Estado,

09 Novembro 2006 | 08h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.