Ataques na fronteira com Afeganistão matam 23

A explosão de um carro-bomba numa feira na cidade paquistanesa de Parachinar, onde está a sede da Fata (agência que administra as áreas tribais do Paquistão), deixou 9 mortos e 37 feridos na manhã de ontem. Durante a madrugada, na região do Waziristão do Norte (que faz fronteira com o Afeganistão), militantes pró-Taleban bombardearam um posto dos correios com cerca de 50 foguetes antes de atacarem por terra, quando entraram em choque com tropas do Exército. O confronto deixou 14 mortos. A área do conflito é considerada refúgio da Al-Qaeda e de membros da milícia afegã Taleban no Paquistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.